Posts

Tecnologia geoespacial avançada atualiza imagens da fronteira brasileira

Por meio da utilização de tecnologia geoespacial de última geração, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) conseguiu fazer a atualização da extensão de uma grande faixa de fronteira entre o Brasil e países vizinhos. Essa importante verificação é de interesse da segurança nacional do Brasil e de países da América do Sul, que conseguiu destacar uma área de 1,4 milhão de km², área equivalente a 16,6% de todo o território brasileiro.

Essa grande extensão de terra tem um comprimento de 15,9 mil km de fronteira e 150 km de largura nos trechos mais largos. Dentro do Brasil, essa grande área avaliada concentra 588 municípios brasileiros, com 432 deles inteiramente no Brasil e 156 parcialmente no Brasil e em países vizinhos.

Os estados do Sul do Brasil possuem a maior concentração de cidades em faixas de fronteira com os países da América do Sul, com 196 somente no Rio Grande do Sul, 139 municípios concentrados no Paraná e 83 cidades em Santa Catarina. Em relação aos municípios concentrados exatamente na linha de fronteira, a observação geoespacial avançada verificou 121 municípios brasileiros, sendo eles nos estados de Rondônia, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, todos esses 121 municípios brasileiros no limite com Argentina, Bolívia e Paraguai.

“Essa recente atualização verificou principalmente os estados e municípios da região sul da fronteira, destacando o trecho entre o Uruguai e Bolívia. Diversas melhorias ocorreram na divisa sem uma representação de ganho territorial para nenhum dos países. Os equipamentos utilizados neste processo de avaliação e atualização dos dados nos possibilitou imagens de satélite mais detalhadas”, explica Roberto Tavares, coordenador deste estudo de atualização do IBGE.

Além das notícias sobre esta lista atualizada com os estados e municípios que fazem fronteira com o Brasil, as imagens de alta definição geoespacial também apontaram os municípios brasileiros defrontantes com o mar. Nesta lista, 280 cidades brasileiras estão defrontantes com o mar em uma faixa que vai do extremo Norte ao extremo Sul do país. Essas imagens são de extrema importância para a segurança nacional, para estudos agropecuários e de logística envolvendo os municípios, os estados e os países de fronteira, assim como as cidades costeiras.