Posts

Sono embalado por balanço é mais longo e profundo, revelam estudos

Dois estudos recentes publicados pela revista “Current Biology” revelaram que balançar enquanto dorme trás diversos benefícios para a saúde. Os dados divulgados pelas notícias relacionam o balanço proporcionado por redes ou cadeiras de balanço e os benefícios que esse movimento de balançar podem proporcionar para a saúde dos indivíduos.

Para chegar a esse resultado, os cientistas realizaram dois testes diferentes, sendo um deles em camundongos e outro em humanos. Os dois testes mostraram efeitos positivos para a qualidade do sono, mas o teste feito em humanos revelou que o balanço também melhora o processamento da memória durante o sono.

Segundo o pesquisador da Universidade de Genebra, na Suíça, Laurence Bayer, uma boa noite de sono é compreendida por um adormecer rápido e por uma duração que perdura a noite inteira. “Os voluntários de nosso estudo dormiram rapidamente quando foram balançados e apresentaram sono mais longo e profundo. Ao serem balançados, os voluntários também despertaram poucas vezes, o que já pode ser entendido como um reflexo positivo para a qualidade do sono”, disse Bayer.

Antes do estudo realizado em humanos, Bayer e sua equipe de pesquisadores já tinha relacionado uma soneca de 45 minutos com balanço contínuo a diversos benefícios. Neste novo estudo, os pesquisadores quiseram ir além para descobrir como as ondas cerebrais associadas ao sono noturno se comportam com o balanço ininterrupto durante o sono.

O estudo foi realizado com um total de 18 voluntários em idade adulta em um laboratório da universidade. A primeira noite do teste foi dedicada para a adaptação dos voluntários ao ambiente laboratorial. Após essa adaptação, os voluntários permaneceram no laboratório por mais duas noites onde foram estudados e monitorados durante o sono. Dentre esse total de voluntários um grupo dormiu em uma cama comum sem balanço e outro grupo de indivíduos adormeceu em uma cama com balanço suave.

O resultado do estudo mostrou que o balanço fez com que os participantes adormecessem mais rapidamente. Depois de adormecidos, o balanço ainda contribuiu para um sono mais longo e profundo. Já a relação da memória dos participantes foi testada após o sono através de pares de palavras. Nesse caso, o resultado também apontou uma melhora da memória dos participantes que adormeceram com o balanço em comparação com os outros voluntários que adormeceram na forma convencional.