Saiba mais sobre a história de José Auriemo Neto e da incorporadora JFHS

Conheça um pouco da trajetória de José Auriemo Neto e um dos seus principais empreendimentos, o Cidade Parque Jardim.

Presidente de uma das mais expressivas incorporadoras do país, a JHSF, José Auriemo Neto (chamado de Zeco pelos amigos e parentes) é um empreendedor de família. Seu avô montou uma indústria de autopeças e a partir dela construiu parte do patrimônio da família. Continuou com seu filho Caio, que fundou o Delboni Auriemo, um dos mais conhecidos laboratórios de diagnósticos do estado de São Paulo.

Com o passar dos anos a família buscou novos campos com destaque para o mercado imobiliário. Foi aí que surgiu a incorporadora JHS, em 1972. estavam a frente do negócio Fábio (pai de Zeco), o irmão José Roberto e mais dois sócios. Nessa fase o foco rem as construções e incorporações. Construíram prédios, agências bancárias, lojas para o McDonald’s e outros empreendimento por todo o Brasil.

A JFHS

Na década de 90, a incorporadora presidida por José Auriemo Neto passou a se chamar JHSF, devido ao “F” de Fábio. O motivo foi uma rusga que fez os dois irmãos-sócios se separarem, mas atualmente todos estão bem. A cisão da empresa gerou duas companhias: a JHSF e a JHSJ. Com nomes parecidos houve um pouco de confusão, sobretudo devido as companhias estarem no mesmo nicho.

Para acabar de vez com a confusão, a JHSF mudou o foco, passando a atuar principalmente nas incorporações. O ano era 1998 e hoje 92% de sua receita provêm somente dessa atividade. Segundo José Auriemo Neto, “Construção virou commodity“. Desde então as obras conduzidas pela empresa passaram a ser executadas por terceirizadas, a exemplo das empreiteiras Hochtief e a Matec.

A estratégia permitiu que a JFHS pudesse focar em seu modelo de negócio, chamado de “preço máximo garantido”. Seu funcionamento prevê um valor para a construção do imóvel e se ele exceder, a empresa contratada arca com 100% do prejuízo. Em contrapartida, se conseguir construir por um valor menor, a diferença é dividida com a JHSF.

No ano de 1999, a companhia iniciou os investimentos na incorporação de empreendimento comerciais e em 2001, o de shopping centers. Um dos mais expressivos foi o Shopping Metrô Santa Cruz, o primeiro do país a integrar um shopping center com uma estação de metrô. Em 2005 criou a divisão de hotéis com a aquisição de 51% do Hotel Fasano criada em 2005, por R$ 16 milhões.

O Parque Cidade Jardim

Situado na Marginal Pinheiros, o Parque Jardim é um dos principais empreendimentos de José Auriemo Neto e inclui torres residenciais, comerciais, um hotel e um shopping center de luxo. Na época que foi lançado, os apartamentos mais caros chegaram a R$ 16,6 milhões de reais, referente a uma cobertura tríplex de mais de 1.700 m² em uma das quatro torres residenciais.

O shopping de luxo é ponto a parte. Inspirado no modelo do Bal Harbour Shops, conhecido centro comercial de Miami, o shopping conta com ambientes a céu aberto e interno. Entre as lojas destacaram-se a Daslu, Armani, Louis Vuitton, Ermenegildo Zegna, além de academias, agências bancárias, cinema moderno e etc. Tudo de alto padrão para atender aos gostos mais exigentes.