Posts

Fazenda do futuro um novo modelo de negócios de sucesso

Em um galpão ao sul da Califórnia, empreendedores trabalham em um novo modelo de fazenda.

A fazenda vertical, como é chamada, é considerada por muito o futuro da agricultura mundial.

Construída em galpões, desenvolvida por uma startup norte-americana, fundada em 2013, por Matt Barnard. Tem como diferencial o seu projeto audacioso de ser construída verticalmente, oferecendo alimentos 100% orgânicos, não levando nenhum tipo de agroquímico, no luar do Sol é usado painéis de LED para a iluminação das plantas.

De acordo com Barnard, a startap tem planos de estender os negócios para cada cidade com mais de um milhão de habitantes, o que é cerca de 500. O empreendedor destaca a importância da fazenda perante os desafios do futuro, para ele as fazendas verticais, terá a capacidade de produzir 350 vezes mais do que o modelo de agricultura comum.

Com o avanço das metrópoles e o constante aumento populacional, que poderá ultrapassar os 9 bilhões em 30 anos, organizações como ONU, tem alertado sobre a necessidade no investimento em novos meios de produção de alimentos para atender a população mundial.

Pontos como o baixo consumo de água, o uso de pouco espaço e o baixo preço são um dos fortes atrativos para o futuro dos negócios.

No ano de 2017 a empresa recebeu uma grande quantidade de investimentos, sendo considerado o maior investimento já feito em startups no ramo do agronegócio, já ocorridos no mundo. O valor investido chegou a US$ 220 milhões.

Na cidade de Kent a empresa está construindo mais uma fazenda vertical, que ficará responsável por abastecer os mercados de todo o estado de Washington e também o mercado de Vancouver no Canadá.

A expectativa de Barnard, é construir uma fazenda vertical sobre cada cidade com mais de um milhão de habitantes. Com tempo de construção em média de 30 dias, uma fazenda vertical poderá dar o retorno de investimento em três a cinco anos, diferente de fazendas convencionais que podem levar até trinta anos, para cobrir o investimento.

Barnard acredita que receberá investimentos ainda maiores para continuar a espação dos negócios nos próximos anos. De acordo com ele, fazendas agrotechs estão ganhando espaço no vale do cilício, ganhando investidores como o fundador da Amazon, Jeff Bezos, hoje o homem mais rico do planeta.