Posts

Dicas para montar um negócio orgânico

Nos dias de hoje montar um negócio que seja sustentável está cada vez mais no conceito das pessoas e das instituições financeiras, e para quem quiser se lançar no empreendedorismo orgânico de uma forma mais consciente atendendo às necessidades ambientais e socioeconômicas, ficam dicas para empreender ecologicamente.

Financiamento empresarial
Quando se trata de financiamento para o pequeno empreendedor geralmente essa se torna a primeira dificuldade. Apesar de alguns bancos abrirem portas para o investidor sustentável, é muito difícil conseguir financiamento para negócios orgânicos. Em vista disso, os chamados fundos de investimento-semente são uma grande oportunidade para o empreendedor social. Existem também organizações de micro financiamento que são independentes somando mais uma possibilidade de financiamento.

Indústria de energia renovável
O aquecimento global tem como responsável a utilização de combustíveis fósseis, que como meta, deve ser trocado por energias renováveis. Essa questão da redução dos poluentes de alcance global depende de novas tecnologias que substituam os combustíveis convencionais. Existem muitas oportunidades para pequenos empresários que consigam viabilizar o uso de energia limpa em residências, empresas e outras instalações. A instalação de painéis solares em ambientes públicos e em empresa privadas, por exemplo, representam uma grande possibilidade de crescimento nesse setor, podendo essas pequenas empresas no ramo de energia limpa, trabalhar em licitação com o governo em busca de atingir as metas de redução previstas.

Reciclagem tecnológica
Chamado de T.I verde, as áreas tecnológicas voltadas para o uso sustentável representam um potencial muito grande de crescimento. O que se espera é a criação de negócios de prestação de serviços a diversas empresas como, por exemplo, consultorias com análises no consumo energético nos data-centers. Também a reciclagem de produtos que hoje são considerados lixo eletrônico.

Alimentação Orgânica
Os índices de obesidade estão extremamente altos principalmente nos Estados Unidos e em muitos países consumidores de comida industrializada como no Brasil. É preocupante e por isso o ramo de alimentação saudável também cresce notavelmente. Os estudos realizados sugerem que as oportunidades de novas empresas emergirem com alimentos produzidos de forma orgânica, sem o uso de componentes químicos prejudiciais a saúde e sem o uso de agrotóxicos, tem ótimas perspectivas. As oportunidades surgem cada vez mais e os investidores tendem a crescer exponencialmente mais nos próximos anos buscando atingir mais o mercado alimentício, como por exemplo, bufês e restaurantes orgânicos.

Edificação ecológica
Levando em conta as questões ecológicas, muitas pessoas estão em busca de edificações que reduzam o consumo de energia elétrica e o consumo de água potável desperdiçada. Casas projetadas e construídas com mais eficiência para consumirem menos energia, é uma grande tendência. Existem empresas de paisagismo em parcerias com pequenas e grandes construtoras implantando projetos como os telhados verdes, que cobertos com plantas reduzem a temperatura interna da edificação dispensando o uso de ar condicionado. Também existem cisternas que quando bem projetadas podem viabilizar o reaproveitamento de água da chuva em toda a residência.

Ideias para um transporte mais verde
Um dos maiores poluidores e maior responsável pelos problemas urbanos é o transporte. O uso de combustíveis químicos e os embargos que a indústria bilionária do petróleo impõe, são grandes barreiras para um transporte mais saudável. No entanto, negócios simples que podem ajudar na redução de gases poluentes são viáveis para geração de pequenas empresas. Bicicletarias que trabalham com a manutenção e vendas de bicicletas novas, já registram aumentos em suas atividades devido aos novos conceitos adotados. Hoje, os projetos urbanísticos incluem ciclovias e a locação de bikes em grandes centros urbanos, pois já é hábito em países como Alemanha, Canadá podendo ser uma opção mais explorada de negócio aqui no Brasil.